O "SERTÃO DE DENTRO" E A CELEBRAÇÃO DO EU EM GUIMARÃES ROSA

Em tempos de tantas incertezas, cabe cada vez mais cultivar um centro interno de referências, que possa sediar o humano em nós, para o fortalecimento da liberdade do espírito.

Neste curso vamos fazer exercícios que fortalecem essa percepção. Também vamos descobrir e coreografar um trecho da obra "Grande sertão, veredas", de Guimarães Rosa, que amplia, pela euritmia, essa vivência da liberdade essencial.

Material necessário:  roupas confortáveis para o movimento; sapatilha de euritmia ou sapatos macios de sola fina; bloco de anotações, lápis de cor, papel e copo d’água!

Euritmia Marilia (SITE).jpg

Datas

01 de setembro à 22 de setembro

Investimento

R$ 250,00 à vista ou em 6x no cartão

Horários

Quartas-feiras de 19h às 20h20

Marília Barreto é formada pela escola Hogeschool Helikon, na Holanda, lecionou euritmia durante 20 anos na Escola Waldorf Rudolf Steiner e, mais tarde, por 5 anos no Colégio Waldorf Micael de São Paulo. Membro fundador do Grupo de Euritmia de São Paulo, o trabalho artístico sempre esteve no centro de sua atuação, inclusive com jovens, ao criar o Terra Brasilis Euritmia Jovem, a Terranova Pré Graduação e o Grupo VOA de Euritmia Jovem, além dos Festivais de Euritmia Jovem do Colégio Micael. Desde 2010 investiga a interface da euritmia com o teatro, através dos espetáculos de sua própria companhia, a Cia Terranova, com atores, músicos e euritmistas convidados, em estreita parceria com artistas como Dino Bernardi, Marcelo Petraglia e outros.